Dinâmica da Violência Homicida em Municípios da Fronteira e Divisa do Amazonas

  • Arnaldo Costa Gama
  • Cláudio Roberto de Jesus
  • Antônio Gelson de Oliveira Nascimento
Palavras-chave: Fronteira e divisa, Mortalidade por homicídios, Amazonas

Resumo

Os crimes transfronteiriços em municípios da fronteira e divisa do Amazonas têm causados transtornos diversos a sociedade amazonense, com maior relevância às condutas dolosas intencionais, ou seja, homicídios. Além disso, o vasto território amazônico contribui para o transporte de mercadorias ilícitas da fronteira até a capital Manaus. O que tem dinamizado o mercado ilegal nas suas mais diversas ramificações. Este trabalho tem como objetivo principal analisar a dinâmica dos homicídios intencionais em 31 municípios da fronteira e divisa do Amazonas e como o tráfico de drogas tem influenciado no recrudescimento desses óbitos letais na capital Manaus, no período de 1996 a 2016. Para tal análise os dados sobre homicídios foram buscados no SIM/SM, na Secretária de Inteligência do Amazonas (SEAI/AM), esses óbitos letais estão classificados na CID 10. Os resultados mostram que os 31 municípios estão na fronteira e divisa do Amazonas vem sofrendo com o fenômeno dos homicídios, assim como na capital Manaus a qual concentra o maior registro de casos de homicídios no Estado. Esses crimes têm impactado na expectativa de vida daquela população e o incremento dessas mortes ainda tem ligação com o mercado de drogas ilícitas e o aumento considerável na capital, com destaque para bairros da zona leste.

Biografia do Autor

Arnaldo Costa Gama

Doutorando em Estudos Urbanos e Regionais da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). Mestre em Segurança Pública, Cidadania e Direitos Humanos pela Universidade do Estado do Amazonas (UEA). Integrante do Grupo de Estudos e Pesquisas Aplicadas em Segurança Cidadã da UEA (GEPAS/UEA) e do Grupo de Estudos e Pesquisas em Violência, Trabalho e Ilegalismo da UFRN.

Cláudio Roberto de Jesus

Doutor em Geografia pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Mestre em Economia pela Universidade de Campinas (UNICAMP). Graduado em Ciências Sociais pela UFMG. Professor titular no Departamento de Políticas Públicas da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). Professor do Programa de Pós-Graduação Mestrado e Doutorado em Estudos Urbanos e Regional da UFRN. Coordenador do Grupo de Estudos e Pesquisas em Violência, Trabalho e Ilegalismo da UFRN.

Antônio Gelson de Oliveira Nascimento

Doutor em Demografia pela Universidade Federal de Minas Gerais (CEDEPLAR/UFMG). Mestre em População e Desenvolvimento Regional pela Universidade Federal do Amazonas (UFAM). Bacharel em Ciências Econômicas pela UFAM. Professor permanente do Mestrado Profissional em Segurança Pública, Cidadania e Direitos Humanos da Universidade do Estado do Amazonas (UEA). Consultor técnico em Estatística e Análise Criminal.

Publicado
2020-02-27